Governo de Minas
 
Você está em: Página Inicial / Publicações

Custos de Produção -> Custo de Produção Girassol Safra 2013


Baixar versão em PDF

Custo de produção Girassol nos estado de Goiás e Minas Gerais Safra 2013

Foi realizada a análise do custo de produção da cultura do girassol na safra 2012\13 para os estados de Goiás e Minas Gerais a partir de informações de cooperativas de agricultores familiares e da EMATER-MG. 

Como se pode observar na Tabela 1, o custo de produção em Minas Gerais é menor comparado ao estado de Goiás, sendo 19% menor em Minas Gerais. De forma geral, o cultivo em Minas Gerais é menos intensivo se comparado ao estado de Goiás, efetuando menores operações de tratos culturais. Em Minas o girassol destinado a produção de biodiesel é cultivado geralmente como safrinha e apresenta interesse dos agricultores por ser uma planta rústica trazendo retorno econômico  com baixo investimento.

Tabela 1: Discriminação do custo de produção do Girassol nos estados de Minas Gerais e Goiás - safra 2013

 

Especificação

Minas Gerais

Goiás

Plantio

 R$ 20,00

 R$     20,00

Aplicação de Herbicida+ Inseticida

 R$ 40,00

 R$     36,00

Colheita

 R$ 40,00

 R$     35,00

Transporte interno

 R$ 25,00

 R$     10,00

Adubo (plantio)

 R$ 350,00

 R$   250,00

Sementes

 R$ 90,00

 R$  383,33

Herbicida

 R$ 60,00

 R$     50,90

Inseticida

 R$ 40,00

 R$     33,00

TOTAL

 R$  665,00

 R$   818,23

Fonte:  EMATER-MG e Cooperativas de agricultores familiares de Goiás

 

Também na Tabela 1, vê-se que os custos que apresentam maior distinção nos valores são os custos com fertilizantes e com sementes. Isso está relacionado ao fato de os produtores goianos utilizarem sementes de melhor qualidade.

Fertilizante na cultura do girassol para ambos estados é aplicado de forma única no plantio, diminuindo o gasto com operações posteriores de adubação.

 

Nota-se na Figura 1 que em Goiás o maior componente do custo de produção é a despesa com sementes, seguida pelos fertilizantes. Em Minas Gerais, as despesas com adubo compõem mais de 50% do custo total de produção, fato que é observado na maioria das culturas anuais brasileiras. O maior gasto com fertilizantes em Minas Gerais se explica por este utilizar na média maior quantidade e pelo maior preço observado nesse estado em relação à Goiás. Essa observação é feita analisando o histórico de preços de insumos agrícolas realizados pela CONAB. 

 

 

Despesas com aplicação de herbicidas e inseticidas apresentam baixa composição no custo de ambos estados por se efetuar estas operações com baixa intensidade.

Na Tabela 2 está exposta estimativa de Margem Bruta nos dois estados, utilizando o preço de referência da CONAB de julho de 2013, R$ 58,45/sc. Considerando produtividade de 1400 kg/ha para esta cultura em ambos estados, uma vez que não foi fornecida a produtividade de cada um, espera-se uma Receita Total de R$ 1361,89 abatido o custo de produção encontrou-se a Margem Bruta.

 

Tabela 2- Receita total e margem bruta esperada para a cultura do Girassol na agricultura familiar nos estados  de Minas Gerais e Goiás.

Estado

Produtividade

Produtividade saca/ha

Preço da Saca

Receita total

Margem Bruta

MG

1400 Kg/ha

23,3

R$ 58,45

R$  1.361,89

R$ 696,89

GO

1400 Kg/ha

23,3

R$ 58,45

R$ 1.361,89

R$ 542,96

 

 

Nota-se que como a média de custo de Minas Gerais é menor, o mesmo apresenta uma margem bruta 22% maior que em Goiás. 

 
Vila Gianetti 25. Campus Universitário – Viçosa, MG - Telefone: (31) 3899 2185
Skype:
centro.referencia.biodiesel - E-mail: contato@biomercado.com.br
© 2013 - BIOMERCADO - Centro de Referência da Cadeia
de Produção de Biocombustíveis Para Agricultura Familiar