Governo de Minas
 
Você está em: Página Inicial / Publicações

Custos de Produção -> Custo de Produção Canola Safra 2013


Baixar versão em PDF

 

As estruturas de custo de produção da Canola no Rio Grande do Sul para a safra 2013 basearam-se em dois cenários mais frequentes encontrados no estado: cenário 1 representa um nível médio de tecnologia com mão de obra familiar e contratada com produtividade esperada de 1500 kg/ha; cenário 2 representa maior nível tecnológico com mão de obra totalmente contratada e produtividade esperada de 1700 kg/ha. O custo total no cenário 1 é menor que o do cenário 2, como observado na Tabela 1.

 

Tabela 1: Custo de produção por hectare da Canola - RS safra 2012

 

Custo de produção por hectare

Especificação

Cenário 1

Cenário 2

Preparo do solo (dessecação)

R$       8,39

R$       8,50

Plantio

R$     43,17

R$     40,66

Tratos culturais

R$     35,33

R$     36,11

Colheita

R$     61,64

R$     64,17

Fertilizantes

R$   493,13

R$   589,25

Sementes

R$   120,00

R$   120,00

Defensivos

R$     78,78

R$   121,10

Mão de Obra

R$     10,44

R$       7,77

Custo Total

R$   850,87

R$   987,57

Fonte: Dados PRONAF/Banco do Brasil-RS.

 

No preparo de solo, apenas a dessecação de plantas daninhas é feita, uma vez que o cultivo é realizado em plantio direto. De forma geral, operações como plantio, tratos culturais, colheita e gastos com mão de obra apresentam custos bem semelhantes entre os dois cenários.

Nos tratos culturais estão inclusos as operações de adubação de cobertura, aplicação de defensivos e herbicidas, bem como o transporte interno de insumos para as mesmas operações.

A Figura 1 mostra a composição do custo nos dois cenários. Constata-se que os fertilizantes representam cerca de 60% do custo total na produção de canola, seguido por sementes e defensivos. Tais insumos compõem mais de 80% do custo dessa cultura nos dois cenários. Operações como tratos culturais, colheita e plantio respondem individualmente por 4 a 7% do custo total em ambos cenários.

Há maior uso de fertilizantes no cenário 2 (Tabela 2). O cenário 2 emprega maior quantidade de fertilizante por esperar maior retorno produtivo.

Tabela 2: Quantidade de fertilizantes empregados em cada cenário.

 

 

Fertilizante (tonelada/ha)

Cenário

10-25-12 + Zn + S

Uréia (45%)

1

0,225

0,15

2

0,25

0,2

Fonte: Dados PRONAF/Banco do Brasil-RS.

 

A Tabela 3 detalha a receita total e margem bruta esperada nos dois cenários. A receita total no cenário 1 foi de R$ 1.550,00 por hectare, considerando a produtividade esperada de 25 sacas e o preço comercializado de R$ 62,00 a saca. A margem bruta nesta atividade é de R$ 699,13. Para o segundo cenário espera-se uma produtividade de 28,33 sacas por hectare ao preço de R$ 62,00 a saca, desse modo receita total seria de R$ 1.756,46 e uma margem bruta de R$ 768,89.

Tabela 3- Receita total e margem bruta esperada para a cultura da canola na agricultura familiar no estado do Rio Grande do Sul.

Produtividade

Produtividade sacas por hectare

Preço da Saca

Receita Total

Margem Bruta

1500 Kg/ha

25

R$           62,00

R$   1.550,00

R$      699,13

1700 Kg/ha

28,33

R$           62,00

R$   1.756,46

R$      768,89

 
Vila Gianetti 25. Campus Universitário – Viçosa, MG - Telefone: (31) 3899 2185
Skype:
centro.referencia.biodiesel - E-mail: contato@biomercado.com.br
© 2013 - BIOMERCADO - Centro de Referência da Cadeia
de Produção de Biocombustíveis Para Agricultura Familiar