Governo de Minas
 
Você está em: Página Inicial / Publicações

Custos de Produção -> Custo de Produção Girassol Safra 2013/2014


Baixar versão em PDF

Foi realizada a análise do custo de produção da cultura do girassol na safra 2013\14 para o estado de Minas Gerais a partir de informações da EMATER-MG. 

No estado o girassol que é destinado a produção de biodiesel é cultivado geralmente como safrinha e apresenta interesse dos agricultores por ser uma planta rústica trazendo retorno econômico com baixo investimento. Também é uma ótima alternativa para rotação de cultura pela época de plantio.

O custo da safra 2013/2014 foi 11,2% maior que na safra 2012/2013, de R$665,00. A discriminação do custo da safra 2013/2014 para o estado de Minas Gerais pode ser visto na Tabela 1.

 

Tabela 1: Discriminação do custo de produção do Girassol no estado de Minas Gerais - safra 2014.

 

Especificação

Minas Gerais

Plantio

 R$  50,00

Aplicação de Herbicida+ Inseticida

 R$  50,00

Colheita

 R$  70,00

Transporte interno

 R$  30,00

Adubo (plantio)

 R$390,00

Sementes

 R$  60,00

Herbicida

 R$  50,00

Inseticida

 R$  40,00

TOTAL

 R$740,00

Fonte:  EMATER-MG

Os fertilizantes apresentam mais de 50% dos custos, o que segue a maioria dos custos das culturas no Brasil. Isto está ligado a grande importação dos fertilizantes NPK, que com a alta do dólar acabam chegando ao produtor com altos preços. Na cultura do girassol, os fertilizantes são utilizados apenas no plantio. Comparado com a safra 2012/2013, os fertilizantes tiveram alta de 11,4%. 

Na Figura 1, a maioria dos insumos e operações representam em torno de 4% a 9%, exceto fertilizantes como dito anteriormente. Na mesma figura está o comparativo dos custos de produção das safras 2012/2013 e 2013/2014. Os itens plantio, aplicação de agrotóxicos e colheita tiveram um aumento em relação à safra de 2012/2013. Já herbicidas, inseticidas e sementes diminuíram suas participações nos custos, no entanto fertilizantes e transporte interno mantiveram suas proporções estáveis, porém com alta no preço. 

 

A Tabela 2 apresenta uma estimativa da margem bruta alcançada pelos agricultores. Para isso, foi utilizando o preço de referência da CONAB de julho de 2014, R$ 58,50/sc, considerando a produtividade de 1.500 kg/ha e receita total de R$1.462,50/ha, abatido o custo de produção encontrou-se a margem bruta de R$ 722.50/ha.

 

Tabela 2- Receita total e margem bruta esperada para a cultura do Girassol na agricultura familiar no estado de Minas Gerais

Estado

Produtividade

Produtividade saca/ha

Preço da Saca

Receita total

Margem Bruta

MG

1500 Kg/ha

25

R$ 58,50

R$ 1.462,50

R$ 722,50

           Comparado com a safra 2012/2013, o preço da saca se manteve estável e o custo de produção subiu. Com isso, o produtor ganhou R$ 722,50, quase a metade que obteve na safra 2012/203, R$ 1.361.89.

            Apesar do preço, segundo dados da CONAB, Minas Gerais continua como segundo maior produtor de girassol do Brasil, com uma participação de 7%, atrás do Mato Grosso, que detém 87% da produção.

            Ainda segundo dados da CONAB, a área plantada com girassol em Minas Gerais cresceu 2,7% passando de 11 mil hectares para 11,3 mil hectares. A produtividade passou de 1400 para 1500 kg/ha de acordo com a EMATER-MG.

 
Vila Gianetti 25. Campus Universitário – Viçosa, MG - Telefone: (31) 3899 2185
Skype:
centro.referencia.biodiesel - E-mail: contato@biomercado.com.br
© 2013 - BIOMERCADO - Centro de Referência da Cadeia
de Produção de Biocombustíveis Para Agricultura Familiar