Governo de Minas
 
Você está em: Página Inicial / Boletins

Boletim do Milho -> Boletim Milho Outubro 2015


Baixar versão em PDF

No mês de outubro o preço médio do milho obteve aumento em todos os estados (Tabela 1).  Goiás foi o estado que apresentou a maior variação mensal, 11,71%. Em relação ao mesmo período do ano passado, o estado que teve a maior oscilação também foi Goiás, 48,04%. O estado que pagou o maior preço foi o de Santa Catarina, R$ 27,38/sc. E o estado do Mato Grosso permaneceu com a menor média, R$20,23/sc.

 Tabela 1: Médias dos preços de milho, por estado, em R$/sc.

Mês/Estado

GO

MS

MT

PR

RS

SC

Agosto

16,24

15,72

13,07

18,03

22,55

22,27

Setembro

16,60

16,03

13,60

18,45

23,18

22,60

Outubro

17,00

15,40

13,15

18,25

22,61

22,13

Novembro

17,93

16,11

14,65

18,99

22,31

23,85

Dezembro

20,27

17,07

15,80

19,47

22,35

24,17

Janeiro (2014)

21,60

17,56

16,53

20,50

22,36

23,23

Fevereiro

22,15

19,55

17,70

21,57

22,23

23,25

Março

22,00

20,70

20,00

23,17

22,67

24,50

Abril

22,41

21,64

20,82

23,51

23,15

24,70

Maio

22,71

22,39

22,43

24,18

24,04

25,14

Junho

20,65

18,45

19,00

22,05

23,55

23,75

Julho

18,80

16,90

18,61

20,15

22,55

22,91

Agosto

18,25

17,02

18,00

20,30

20,97

21,75

Setembro

16,72

16,10

17,50

19,13

20,91

21,00

Outubro

17,00

16,36

17,50

18,91

21,00

21,42

Novembro

20,42

18,65

18,23

20,49

23,03

23,63

Dezembro

22,50

19,78

18,50

23,03

23,90

25,12

Janeiro (2015)

22,00

18,78

18,51

22,46

22,75

23,53

Fevereiro

22,24

19,32

17,81

21,78

21,71

23,83

Março

24,53

20,12

19,00

22,34

22,17

24,74

Abril

23,67

18,91

17,29

21,91

22,79

23,69

Maio

23,64

17,86

16,50

20,50

22,05

22,27

Junho

18,20

17,70

15,00

20,25

21,39

21,90

Julho

18,65

19,58

15,90

22,39

22,16

24,00

Agosto

19,50

19,06

17,68

22,35

23,00

23,79

Setembro

22,53

21,19

20,04

24,05

24,46

25,93

Outubro

25,17

22,41

20,23

25,88

26,20

27,38

Variação Anual %

48,04

37,04

15,60

36,91

24,76

27,87

Variação Mensal %

11,71

5,77

0,95

7,61

7,09

5,63

Fonte: Cooperativas de Agricultores Familiares.

Para o milho primeira safra, há expectativas de redução na área entre -9,3% e -4,8% (571,2 e 296,7 mil hectares), em relação a safra passada, afetando a safra do milho total. Espera-se redução de -1,9 a -3,6%, que passará de 15.692,9 mil hectares para 15.396,2 a 15.121,7 mil (Conab)

 

 Gráfico 1: Médias dos preços, em R$/saca, do milho pago pelas cooperativas.

Fonte:Cooperativas de Agricultura Familiar.

Para a  segunda safra não se espera variações quanto a área plantada em relação a safra anterior. Na produtividade a expectativa também é de redução de -0,5%, passando de 5.396 kg/ha para 5.368 kg/ha para as duas safras. Para a produção a redução irá variar de -2,3 a -4,2%, passando de 84.672,4 mil toneladas para 81.087,6 (quantidade mínima), segundo dados da Conab.


 
Vila Gianetti 25. Campus Universitário – Viçosa, MG - Telefone: (31) 3899 2185
Skype:
centro.referencia.biodiesel - E-mail: contato@biomercado.com.br
© 2013 - BIOMERCADO - Centro de Referência da Cadeia
de Produção de Biocombustíveis Para Agricultura Familiar