Governo de Minas
 
Você está em: Página Inicial / Boletins

Boletim do Milho -> Boletim Milho Julho 2015


Baixar versão em PDF

No mês de julho o preço médio do milho obteve aumento em todos os estados (Tabela 1).  Mato Grosso do Sul foi o estado que apresentou a maior variação mensal, 10,64%. Em relação ao mesmo período do ano passado, o estado que teve a maior oscilação foi Mato Grosso do Sul, 15,91%. O estado que pagou o maior preço foi o de Santa Catarina, R$ 24,00/sc. E o estado do Mato Grosso permaneceu com a menor média, R$15,90/sc.

 Tabela 1: Médias dos preços de milho, por estado, em R$/sc.

Mês/Estado

GO

MS

MT

PR

RS

SC

Agosto

16,24

15,72

13,07

18,03

22,55

22,27

Setembro

16,60

16,03

13,60

18,45

23,18

22,60

Outubro

17,00

15,40

13,15

18,25

22,61

22,13

Novembro

17,93

16,11

14,65

18,99

22,31

23,85

Dezembro

20,27

17,07

15,80

19,47

22,35

24,17

Janeiro (2014)

21,60

17,56

16,53

20,50

22,36

23,23

Fevereiro

22,15

19,55

17,70

21,57

22,23

23,25

Março

22,00

20,70

20,00

23,17

22,67

24,50

Abril

22,41

21,64

20,82

23,51

23,15

24,70

Maio

22,71

22,39

22,43

24,18

24,04

25,14

Junho

20,65

18,45

19,00

22,05

23,55

23,75

Julho

18,80

16,90

18,61

20,15

22,55

22,91

Agosto

18,25

17,02

18,00

20,30

20,97

21,75

Setembro

16,72

16,10

17,50

19,13

20,91

21,00

Outubro

17,00

16,36

17,50

18,91

21,00

21,42

Novembro

20,42

18,65

18,23

20,49

23,03

23,63

Dezembro

22,50

19,78

18,50

23,03

23,90

25,12

Janeiro (2015)

22,00

18,78

18,51

22,46

22,75

23,53

Fevereiro

22,24

19,32

17,81

21,78

21,71

23,83

Março

24,53

20,12

19,00

22,34

22,17

24,74

Abril

23,67

18,91

17,29

21,91

22,79

23,69

Maio

23,64

17,86

16,50

20,50

22,05

22,27

Junho

18,20

17,70

15,00

20,25

21,39

21,90

Julho

18,65

19,58

15,90

22,39

22,16

24,00

Variação Anual %

-0,82

15,91

-14,56

11,09

-1,72

4,74

Variação Mensal %

2,47

10,64

6,00

10,56

3,62

9,59

Fonte: Cooperativas de Agricultores Familiares.

Com a alta produtividade e com preços favoráveis, o milho vem apresentado tendência de melhoras no cenário econômico, apesar da alta do dólar, mesmo com as quedas das cotações na CBOT. Na BM&F, o contrato para setembro/15 obteve variação negativa de -1,40%, fechando na média semanal em R$ 26,69/sc (IMEA).

 

Gráfico 1: Médias dos preços, em R$/saca, do milho pago as cooperativas.

Fonte:Cooperativas de Agricultura Familiar.

De acordo com o site Notícias Agrícolas, analistas ressaltam que o ritmo da comercialização da segunda safra de milho este ano caminhou de maneira rápida, principalmente, devido a preocupações com atraso das chuvas.

 Para a segunda safra de milho, os dados oficiais da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) indicam uma produção de 51.548,4 mil toneladas, aumento de 11,7% em relação à safra passada que foi de 48.399,1 mil toneladas. E, alguns estados, principalmente no Centro-Oeste do país já registram alto índice de comercialização antecipada.

Para a SIM Consult, ao longo dos últimos anos, o Brasil tem se tornado um grande player no mercado internacional de milho e as exportações poderão atingir um recorde nesta temporada, entre 28 até 30 milhões de toneladas, de acordo com analistas, o que supera o volume embarcado em 2013, de 26 milhões de toneladas, até o momento, cerca de 25 milhões de toneladas do grão já teriam sido comprometidas para a exportação.

 
Vila Gianetti 25. Campus Universitário – Viçosa, MG - Telefone: (31) 3899 2185
Skype:
centro.referencia.biodiesel - E-mail: contato@biomercado.com.br
© 2013 - BIOMERCADO - Centro de Referência da Cadeia
de Produção de Biocombustíveis Para Agricultura Familiar