Governo de Minas
 
Você está em: Página Inicial / Boletins

Boletim do Milho -> Boletim Milho Junho 2015


Baixar versão em PDF

No mês de junho o preço médio do milho manteve decréscimo em todos os estados (Tabela 1).  Goiás foi o estado que apresentou a maior variação mensal, -23%. Em relação ao mesmo período do ano passado os preços médios tiveram oscilações negativas, o estado que teve a maior oscilação negativa foi Mato Grosso, -21,05%. O estado que pagou o maior preço foi o de Santa Catarina, R$ 21,90/sc. E o estado do Mato Grosso permaneceu com a menor média, R$15,00/sc.

 Tabela 1: Médias dos preços de milho, por estado, em R$/sc.

Mês/Estado

GO

MS

MT

PR

RS

SC

Agosto

16,24

15,72

13,07

18,03

22,55

22,27

Setembro

16,60

16,03

13,60

18,45

23,18

22,60

Outubro

17,00

15,40

13,15

18,25

22,61

22,13

Novembro

17,93

16,11

14,65

18,99

22,31

23,85

Dezembro

20,27

17,07

15,80

19,47

22,35

24,17

Janeiro (2014)

21,60

17,56

16,53

20,50

22,36

23,23

Fevereiro

22,15

19,55

17,70

21,57

22,23

23,25

Março

22,00

20,70

20,00

23,17

22,67

24,50

Abril

22,41

21,64

20,82

23,51

23,15

24,70

Maio

22,71

22,39

22,43

24,18

24,04

25,14

Junho

20,65

18,45

19,00

22,05

23,55

23,75

Julho

18,80

16,90

18,61

20,15

22,55

22,91

Agosto

18,25

17,02

18,00

20,30

20,97

21,75

Setembro

16,72

16,10

17,50

19,13

20,91

21,00

Outubro

17,00

16,36

17,50

18,91

21,00

21,42

Novembro

20,42

18,65

18,23

20,49

23,03

23,63

Dezembro

22,50

19,78

18,50

23,03

23,90

25,12

Janeiro (2015)

22,00

18,78

18,51

22,46

22,75

23,53

Fevereiro

22,24

19,32

17,81

21,78

21,71

23,83

Março

24,53

20,12

19,00

22,34

22,17

24,74

Abril

23,67

18,91

17,29

21,91

22,79

23,69

Maio

23,64

17,86

16,50

20,50

22,05

22,27

Junho

18,20

17,70

15,00

20,25

21,39

21,90

Variação Anual %

-11,86

-4,07

-21,05

-8,16

-9,17

-7,79

Variação Mensal %

-23,00

-0,92

-9,09

-1,20

-3,01

-1,67

 

Fonte: Cooperativas de Agricultores Familiares.

Segundo o Levantamento da Conab na temporada 2014/15 a produção de milho primeira safra no Brasil totalizou 30.262,9 mil toneladas, decréscimo de -4,4% em relação ao ocorrido na safra anterior. A Região Sul, Sudeste e MATOPIBA representaram as maiores participações nacionais contribuindo com 46%, 26% e 15%, respectivamente, da produção nacional (Conab).

Gráfico 1: Médias dos preços, em R$/saca, do milho pago as cooperativas.


 

Fonte:Cooperativas de Agricultura Familiar.

 

Segundo o Boletim do Imea foram colhidos 420,67 mil hectares até o final de junho e o preço do milho disponível no MT começou a apresentar sucessivas quedas. Essa desvalorização é decorrente do início de colheita e no ano passado a queda foi de -18,52 e neste ano foi de -8,01%. O que impediu uma queda tão brusca nas cotações foi o preço da commodity na Bolsa de Chicago, devido aos fatores climáticos que afetaram as lavouras nos Estado Unidos.

 
Vila Gianetti 25. Campus Universitário – Viçosa, MG - Telefone: (31) 3899 2185
Skype:
centro.referencia.biodiesel - E-mail: contato@biomercado.com.br
© 2013 - BIOMERCADO - Centro de Referência da Cadeia
de Produção de Biocombustíveis Para Agricultura Familiar